sábado, 11 de julho de 2009

amor...


O amor é uma espécie de preconceito. A gente ama o que precisa, ama o que faz sentir bem, ama o que é conveniente. Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse? Mas a gente nunca conhece.

Charles Bukowski

2 comentários:

Künstler disse...

Amor...
A palavra poluida, quebrada...
Amor...
É tão difícil fazer o amor?
pq falar é fácil.
beijos moça!

pequena disse...

Adorei o blog flor!
BJOS E BOA NOITE!