domingo, 13 de julho de 2008

O grande filósofo e seus seguidores!




 Bem, acredito que muita gente já assistiu, alguma vez na vida, o seriado Chaves. É uma das boas recordações que tenho da minha infância e devo confessar, ainda assisto sem deixar de gargalhar...com o mesmo entusiasmo de antes(juro que tive infância).
 
As frases...

"Eu sabia que você era idiota, mas não a nível executivo!"

"Que que foi, que que foi, que que há? Digo..."

"Não há nada mais trabalhoso do que viver sem trabalhar!"

"A vingança nunca é plena, mata a alma e a envenena."

"Não existe trabalho ruim. O ruim é ter que trabalhar."

"Mas tinha que ser o Chaves mesmo!"

"As pessoas boas devem amar seus inimigos."

"Olha os churros! Churros!"

"Sou pobre, porém honrado!"

"Isto é uma caliúnia! Uma caliúnia! Você sabe o que é uma caliúnia?"

"Por 100 mangos eu posso até ser a madrinha do casamento!"

"Como ousa me acordar às 10 da madrugada, Chaves?!

"Vá ver que horas são na Catedral de Londres."

"Lembre-se que eu sou um velho lobo do mar..."

"É muita barriga sua senhor bondade..."

e outras frases e expressões célebres ditas por aqueles moradores da vila do "Seu Barriga"...

-
Satanás, cadê você Satanás?
-Que milage o senhor por aqui...
-blá blá ivgysgcr8wsbyvdgyrfgt6...é culpa do professor "Linguiça"!
-Bochechas de buldogue velho!
-Ninguém tem paciência comigo...
-Velha carcomida(Dona Florinda)
-Você não vai com a minha cara?
-Conta tudo para a sua mãe Kiko!
-Olha ele, olha ele, olha ele!
-Tá, tá tá tá tá tá!!!!
-O senhor me deve 14 meses de aluguel...
ETC, ETC, ETC.






8 comentários:

VINNY VALCANAIA disse...

Prof. Girafales - "Seu Madruga, eu lhe dou 100 mil cruzeiros!!"

Seu Madruga - "Nossa, por 100 mil o senhor pode ser até a Sophia Loren!"

Bem sabes que cedo eu tô de pé, para me deliciar com o Chaves!
Nostalgia pura, viu!

"Divagando e Lorotas" disse...

hahhahahahahahaahah, adoro!
Se eu pudesse ficaria horas assistindo Chaves...

Juliana Dacoregio disse...

Então Bibi, eu não vi nada de clichê em Juno. Só se estivermos falando de uma nova categoria de clichês. Porém entre os filmes que tratam do universo adolescente, não há muitos enredos parecidos. (Eu não conheço) Acho que clichê seria se ela se apaixonasse pelo cara que iria adotar a criança e o beijasse; se a personagem de Jennifer pegasse os dois no flagra; se o pai dela expulsasse ela de casa quando soubesse da gravidez; ou finalmente se, no fim das contas, ela resolvesse ficar com o bebê e vivesse como uma família feliz com seu namorado e a criança, como se isso não fosse prejudicar o futuro deles. Enfim, Juno pode ter outros defeitos, mas em Hollywood e mesmo no cinema independente, não há clichês em Juno. Olha, claro que é a sua opinião e, obviamente, você tem todo o direito de não gostar de um filme que eu gostei (lógico!!), mas eu realmente não captei a vossa mensagem de dizer que Juno é simplório e clichê. Ou então, eu estou assistindo os filmes errados...

Unexpected Boy disse...

Adorooooo!!

"Divagando e Lorotas" disse...

Nossa, você criou outro roteiro para o filme, confesso que nem um pouco atrativo, prefiro o original...rs
Penso que o roteiro do filme Juno seguiu uma linha de pensamento racional(Juno com a idade e pensamento que tinha, não poderia de forma alguma criar um filho, muito menos junto com um namorado completamente imaturo,Vanessa Loring, uma mulher doida para ter filhos e super responsável, ficou com a criança no final, Mark Loring seguiu sua vida, rumo ao seu sonho e se tivesse beijado Juno e concretizado certa relação, seria uma nova versão de Lolita poetizado...Paulie, o namoradinho infantil, ficou com Juno no final, claro, depois que o problema principal do filme havia se solucionado)...
Resumindo, todos ficaram bem, quer coisa mais comum que esse final? Principalmente se tratando de uma "adolescente gracinha" feito Juno?
O filme não é ruím, pelo contrário, adorei assitir...super gostoso, leve, com uma trilha sonora linda. Porém, minha opinião foi essa, achei comum, clichê.
Juno é o que se pode comparar com Amelie Poulain, o filme é agradável, bela fotografia, mas nada de tão incrível...
Bem, o que eu quero dizer é que Juno é um filme tão engrandecido, por parte de algúns críticos, cults, etc...e ao meu ver não foi tudo isso...
Apenas isso Jú.

P.S: Não existe filme certo ou errado, apenas filmes ótimos, bons, meio termo, ruíns e péssimos... Só que,como tudo na vida, é uma questão de gosto e idiossincrasia. Cada um tem o seu.

"Divagando e Lorotas" disse...

Ops, quem não viu o filme Juno, acho melhor não ler a postagem acima. Meio que resume o final do filme...

VINNY VALCANAIA disse...

Nem uma, nem outra...
Juno é um bom filme.
Tem clichê? Tem!
É simplório? É?
Leva tudo o que ensaia adiante?
Não?

É bom?
Ah, isso é... Poderia ser melhor?
Poderia.

Muito grato!
Quem não gostou, vá vomitar lá fora!

"Divagando e Lorotas" disse...

bhlerrrrr
rs